Para declarar um carro financiado no Imposto de Renda é necessário também informar o numero do RENAVAN, bem como a quantidade de parcelas.

Quem está obrigado a fazer a declaração do Imposto de Renda 2020 precisa incluir todos os bens que estão em seu nome, como carro e casa.

Quem tinha bens acima de R$ 300 mil em 31/12/2019 está obrigado a declarar.

Desde 2018, a Receita passou a exigir um maior detalhamento das informações. No caso do carro, é preciso informar também o número do Renavam, que é o Registro Nacional de Veículos Automotores e funciona como se fosse o RG do carro.

É possível encontrar o número do Renavam no documento do veículo.

Como declarar um carro financiado no Imposto de Renda

Como declarar um carro financiado no Imposto de Renda

Na ficha Bens e Direitos, linha 21, preencha os dados do veículo.

Preencha a localização de onde está o veículo (se no Brasil ou outro país).

No campo “Renavam”, informe o número do Registro Nacional do veículo.

Na coluna “Discriminação”, informe de quem comprou o carro (nome, CPF ou CNPJ). Informe ainda quem financiou o carro, número de parcelas, nome e CNPJ do banco.

Deixe em branco o campo Situação em 31/12/2018 (caso ainda não tivesse o veículo) ou repita o valor informado nesta data na declaração do ano passado.

Preencha o campo “Situação em 31/12/2019” com os valores efetivamente pagos até esta data. Se começou a financiar o carro em 2018, some o valor das parcelas pagas em 2019.

Não informe financiamento em “Dívidas”

Um aviso importante: não informe financiamento na ficha “Dívidas e ônus reais”.

Segundo orientação da Receita Federal, o financiamento deve ser informado somente na ficha de “Bens e Direitos”, no campo próprio destinado ao bem adquirido, aumentando, ano a ano, seu custo de aquisição até que este seja quitado.

Conheça os Erros Mais Comuns Que As Pessoas Cometem Na Declaração e Evite Cair Na Malha Fina do IRPF 2020!

Baixar Agora!
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!