Gestão é a palavra-chave para que uma empresa cresça e se destaque. Uma das ferramentas essenciais para a gestão eficiente de uma organização são os relatórios contábeis.

A contabilidade, com os relatórios contábeis, é a base para o funcionamento de um negócio, visto que verifica questões fiscais e econômicas, mantendo a organização dentro da Lei e permitindo tomadas de decisão eficientes, se bem gerida.

Em resumo, relatórios contábeis indicam problemas presentes e que podem acontecer, orientando os gestores a soluções adequadas.

Ao decorrer da leitura do artigo a seguir será possível compreender mais sobre o que é relatório contábil, a importância para uma empresa e como fazê-lo.

Relatórios contábeis: o que são e como se tornam essenciais para uma empresa

O que são relatórios contábeis?

Relatórios contábeis consistem em documentos que mostram, de forma técnica, informações sobre uma empresa, em geral colhidas pelo setor de contabilidade da organização ou por um contador contratado.

Alguns dos dados mais importantes dos relatórios contábeis são:

– Despesas;
– Custos;
– Impostos devidos;
– Impostos pagos.

O mais frequente é que estes documentos sejam criados mensal, trimestral ou anualmente, e a periodicidade muda de acordo com as estratégias de cada empresa.

As informações dos relatórios contábeis podem ser armazenadas em arquivos digitais ou ser impressas.

Tipos de relatório contábil

Os tipos de relatórios contábeis são:

– Relatórios obrigatórios: Demonstrações Financeiras, exigidas pela Lei, que incluem dados como Balanço Patrimonial (BP), Demonstração de Lucros ou Prejuízos Acumulados (DLPA), Demonstração do Resultado do Exercício (DRE) e Demonstração das Origens e Aplicações de Recurso (DOAR) – este, apenas para Sociedades Anônimas. Pode ser preciso publicar estes relatórios por escrito;

– Relatórios não obrigatórios: como o nome atesta, não são exigidos pela Lei, entretanto influenciam bastante nas estratégias e ações dos gestores da empresa.

Incluem investimentos e outros dados como Demonstrativo do Fluxo de Caixa (DFC) – obrigatório para sociedades com patrimônio líquido de mais de R$ 2 milhões ou sociedades de capital aberto; Demonstrativo do Valor Adicionado (DVA) – desobrigado para companhia aberta.

Estes relatórios apresentam operações do passado, facilitando a previsão de receitas e despesas.

Dica: é aconselhado, realizar o Demonstrativo de Fluxo de Caixa, mesmo se desobrigado, para verificar sobras e faltas de recursos e garantir dinheiro para cumprir obrigações nos prazos estipulados.

Por que relatórios contábeis são tão importantes?

Em resumo, relatórios contábeis descrevem a saúde financeira de um empreendimento. É como um check-up, com informações organizadas e confiáveis.

Sem relatórios contábeis, ou sem uma avaliação minuciosa, a gestão da empresa corre grave perigo. Como dito, os relatórios contábeis indicam o presente, com problemas, acertos e possíveis estratégias.

Estes documentos devem ser escritos com muita atenção e entregues à diretoria, gerência ou conselho administrativo. É indicado que sejam obra de contadores conceituados na área da empresa, visto que qualquer erro nas informações pode proporcionar muitos problemas, como um investimento inadequado ou uma decisão sem base.

Assim, os relatórios contábeis incluem vários setores de uma empresa: gerência, diretoria, recursos humanos, conselho administrativo e outros, que são responsáveis por delimitar objetivos e ações.

Fonte: segs.com.br

Conheça os Erros Mais Comuns Que As Pessoas Cometem Na Declaração e Evite Cair Na Malha Fina do IRPF 2020!

Baixar Agora!
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!