Em qualquer ramo de atividade, saber um segundo idioma é fundamental. Não poderia ser diferente para o contador.  Existem alguns termos em inglês que são muito falados em reuniões estratégicas de negócios, e que um profissional de contabilidade precisa conhecer.

Os quinze termos em inglês que todo contador precisa saber

Mesmo que você não seja um exímio conhecedor da língua inglesa, listamos abaixo 10 termos em inglês ligados à contabilidade que todo profissional deveria conhecer. Confira a seguir:

1. Brainstorm

Se fôssemos traduzir ao pé da letra, brainstorm seria algo com uma tempestade cerebral. Na prática, estamos falando de uma reunião de ideias em que muitos conceitos são jogados na mesa de forma que um grupo possa escolher qual deles é o mais adequado para a solução de um problema.

2. Break-even Point

É o que nós conhecemos por aqui como Ponto de Equilíbrio. Ou seja, trata-se daquele número “mágico” que deve ser atingido pela empresa todos os meses de forma que ela consiga cobrir todos os seus custos, evitando qualquer prejuízo. Termo fundamental a ser observado em qualquer planejamento.

3. Budget

Em bom português, budget quer dizer orçamento. Não há muito o que dizer além disso, apenas que você deve saber o que essa palavra significa para que você nunca fique boiando em uma conversa.

4. Core Business

Qual é o core business da sua empresa? A tradução de core é núcleo. Em outras palavras, aqui a o termo se refere ao núcleo do negócio, ou seja, os seus objetivos principais e as suas estratégias de posicionamento no mercado.

5. Coworking

Padrão de trabalho que determina o compartilhamento de um espaço por várias organizações.

6. Crowdfunding

Alcance de recursos financeiros por meio de financiamentos coletivos via ambiente on-line.

7. Crowdsourcing

Recurso comumente utilizado para criação, produção e evolução de ideias, produtos ou conteúdos com a colaboração de um grupo de pessoas.

8. Customer relationship management (CRM)

Gestão de Relacionamento com o Cliente. Conjunto de ferramentas que objetivam criar e manter relacionamento com o consumidor.

9. Forecast

Esse é outro termo que tem se tornado cada vez mais frequente no mundo dos negócios. Forecast nada mais é do que previsão, ou seja, a análise real daquilo que foi previsto no budget. A ideia é que por meio da análise de forecast, que deve ser feita periodicamente, a empresa saiba se está indo na direção correta ou não – podendo mudar a sua estratégia se necessário.

10. Know-how

Saber como fazer algo, isto é, conhecimento oriundo da experiência em certo assunto ou segmento.

11. Return On Investiments (ROI)

Com muita frequência você vai ouvir que precisa calcular o “ROI do investimento”. Quando for esse o caso, o que o gestor em questão quer é saber quanto a empresa vai obter – ou vai perder – em cada investimento realizado.

12. Same Store Sales (SSS)

Trata-se de um comparativo das vendas declaradas pelas lojas, com a condição que eles estejam no mesmo lugar tanto no período atual quanto no período anterior. Essa comparação pode ser feita mês a mês, bimestre a bimestre, trimestre a trimestre, quadrimestre a quadrimestre, semestre a semestre ou ano a ano.

13. Spin-off

Esse é um termo em inglês que se tornou mais popular no cinema e nas séries de TV, mas também é válido para o mundo empresarial. Um spin-off nada mais é do que um negócio derivado ou desmembrado de um já existente.

Vamos dar um exemplo usando o mundo do cinema: a Fox Films é a produtora da franquia X-Men. A partir do momento em que ela decide fazer um filme solo de um dos personagens, no caso o Wolverine, esse novo filme é um spin-off.

14. Stakeholders

Trata-se dos públicos estratégicos, ou seja, aquelas pessoas que têm algum interesse direto no desempenho de uma determinada empresa. O termo é usado com frequência para se referir aos investidores, mas eles não são os únicos contemplados por essa expressão.

15. Turnover

Sempre que ouvir a palavra turnover, substitua-a por rotatividade. Esse termo é muito comum nos departamentos de Recursos Humanos. Reduzir o turnover, ou seja, a rotatividade de pessoal, é a meta de qualquer empresa que queira prosperar no mundo dos negócios.

Fonte: ContabilNews

Fonte: NetSpeed

Recomendamos para você:

As pessoas formadas em Ciências Contábeis e que hoje exercem os mais variados cargos de alto escalão, geralmente são boas em lógica.

Mas, caso possuir estes atributos não seja a sua realidade e o curso de Ciências Contábeis lhe chamar a atenção, vá em frente! Esse interesse não deve ter ocorrido por acaso!

E se, mesmo assim, ainda estiver em dúvida sobre se deve ou não cursar Ciências Contábeis, junte-se a outras pessoas inteligentes, acesse “Contabilidade é Para Você?”,  e defina se irá ou não optar por esta profissão.

Conheça os Erros Mais Comuns Que As Pessoas Cometem Na Declaração e Evite Cair Na Malha Fina do IRPF 2020!

Baixar Agora!
100% livre de spam.

Para enviar seu comentário, preencha os campos abaixo:

Deixe uma resposta

Seja o primeiro a comentar!